Chá de Pitanga

Chá de Pitanga

Com origem brasileira, a pitangueira é uma árvore com diversos benefícios, que podem ser obtidos pelo chá de pitanga.

Ela é uma frutinha pequena e vermelha que pode ser utilizada no preparo de óleos, sucos e chás. A planta pertence à família das mirtáceas e tem como nome científico Eugenia uniflora L.

O chá de pitanga pode ser utilizado para diversos fins, como por exemplo tratar infecção urinária e ajudar ainda na perda de peso. Mas não é só isso.

Vamos conhecer um pouco mais sobre os benefícios da pitanga? Confira tudo a seguir.

Chá de pitanga ajuda a emagrecer?

Quem é que não quer uma ajudinha extra na perda de peso, não é mesmo? Existem muitos chás com ação termogênica e diurética que podem colaborar na eliminação da gordura, e o chá de pitanga é um deles.

Porém, a ação da pitanga ocorre de outra forma. Ela não tem efeito termogênico, mas ajuda a controlar a ansiedade e aquela vontade de comer de forma descontrolada. Dessa forma, acaba ajudando no emagrecimento.

Devido às suas propriedades relaxantes, a pitanga controla a compulsão alimentar, diminui o estresse e a ansiedade, o que é ótimo quando queremos perder peso.

Independente de qual tipo de chá você escolher para ajudar a emagrecer, não se esqueça que apenas a bebida não realiza o processo sozinha. A perda de peso saudável ocorre devido a uma série de fatores, que passam pela mudança nos hábitos alimentares, prática de atividade física e controla dos níveis de estresse. A saúde hormonal também é fundamental para que o corpo possa responder ao processo de emagrecimento.

Como preparar chá de pitanga?

O chá de pitanga é muito utilizado para tratar a diarreia e, para este caso, a indicação é de três gramas de folha para uma xícara de chá.

Para que as propriedades não se percam, o ideal é não guardar a bebida depois de pronta, e sim tomar na mesma hora bem fresquinha. A quantidade máxima indicada é de três xícaras por dia.

Ingredientes: um litro de água e três colheres de sopa de folhas de pitanga.

Modo de preparo: coloque a água para ferver e quando o processo iniciar acrescente as folhas. Deixe apurar por pelo menos 15 minutos e beba.

Em quais situações o chá de pitanga pode me ajudar

Bom, você viu até aqui alguns dos benefícios do chá de pitanga e como ele também pode ser bom para o emagrecimento e para tratar a diarreia. Mas há outras situações que a bebida pode colaborar, confira só!

Efeito diurético: As folhas de pitanga também ajudam a eliminar o líquido através da urina, ajudando assim a diminuir o inchaço. Como tem efeito diurético, você vai sentir mais vontade de urinar quando incluir o chá no seu cotidiano.

A bebida também elimina bactérias, combate retenção de líquido e emagrece por controlar a ansiedade.

Chá de pitanga para diarreia: Às vezes, devido a algum alimento que não cai muito bem, podemos sofrer com a diarreia. O problema causa fraqueza, cansaço e ainda pode desidratar quando permanece por muitos dias.

O melhor é entrar logo com algum medicamento, mesmo que natural, para não agravar a situação. Apesar da diarreia não ser algo grave, precisa ser tratada com atenção para não causar fraqueza e complicações.

Infecção urinária: Entre as diversas utilidades e benefícios do chá de pitanga, outro que se destaca é a sua ação antibacteriana. O chá é ótimo no tratamento da infecção urinária, ajudando a diminuir os sintomas e aliviando o quadro infeccioso.

Ação antioxidante: Com efeito antioxidante, o chá é extremamente benéfico para controlar a produção de radicais livres, responsáveis pelo processo de envelhecimento e também danos ao DNA. Com o controle e eliminação dos radicais livres, o organismo fica mais saudável e as chances de câncer diminuem consideravelmente, assim como as doenças do coração.

Como consumir chá de pitanga à vontade?

A maneira sempre mais ideal e correta de cuidar do nosso bem estar é ter equilíbrio na vida, em tudo! Mesmo ao consumir alimentos naturais e bebidas feitas com ervas, não devemos abusar do consumo.

Com o chá de pitanga é a mesma coisa. Inclusive, mulheres grávidas ou em fase de amamentação precisam consultar o médico responsável para que ele libere ou não o uso de determinados produtos, inclusive os naturais.

A indicação é que não ultrapassem o consumo diário de três xícaras de chá por dia.

Além disso, o consumo excessivo da pitanga pode descontrolar a quantidade de potássio do nosso organismo, podendo gerar outros problemas de saúde.

Para demais tipos de doenças, é sempre melhor buscar acompanhamento médico, porque em alguns casos apenas o remédio natural pode não solucionar.

Agora que você conhece mais sobre o chá de pitanga e suas propriedades, consuma com moderação e não deixe de compartilhar esse artigo com seus amigos.

Leia também:

Chá de Pitanga
5 (100%) 1 vote
loading...