Um papagaio com uma certa fome

Um magnata chega em um restaurante acompanhado por umas 4 mulheres e um papagaio. Ele escolhe a melhor mesa e pede o que há de mais caro no cardápio. Distribui bebida, compra tudo o que as mulheres pedem. Mas o mais estranho é que ele pede 32 pratos para o papagaio.

A cena se repete por mais de seis meses: todas as semanas o mesmo magnata, outras mulheres mais bonitas ainda e os 32 pratos para o papagaio.

Um dos sócios do restaurante ficou curioso, mas não sabia como perguntar, e além do mais tinha medo de perder o cliente. Então começou a oferecer bebidas de cortesia, brindes e outras coisas para o magnata. Com o tempo foram-se tornando amigos, até que um dia ele tomou coragem:
– Sabe, eu sempre fico intrigado… como esse papagaio consegue comer tanto?

Responde o magnata:
– Ah, esse papagaio é o resultado de uma longa história, vou te contar. Minha família sempre foi rica, e a cada ano passávamos as férias num lugar diferente, até que no ano passado estávamos no Egito e eu encontrei uma garrafa com um Génio do deserto, que me concedeu três pedidos. O primeiro pedi que tivesse lucro de 50% em todos os negócios que fizesse; o segundo foi que as mulheres mais bonitas do mundo sempre viessem até mim e, na hora do terceiro pedido, eu pensei: com tanta mulher e tanto dinheiro, pedi para mim um passarinho insaciável…

Um papagaio com uma certa fome
Rate this post
loading...