Está grávida? Conheça e evite os chás abortivos!

chas abortivos

Quem está grávida precisa ter uma atenção redobrada quando o assunto é alimentação. Por exemplo, existem alguns chás abortivos e que devem ser evitados durante a gestação. Você sabe quais são eles?

Tomar um chá pode ser fatal para o seu bebê, além de trazer problemas para a sua própria saúde. Então, todo cuidado é pouco na hora de escolher os alimentos e bebidas.

Neste artigo, vamos falar sobre os riscos de tomar um chá, e citar alguns deles que você deve ficar bem longe para proteger a sua gestação. Confira só!

O que é chá abortivo?

Os chás abortivos são aqueles originados de algumas ervas e plantas que apresentam riscos e que podem causar aborto. Geralmente, esses chás costumam acelerar a menstruação, causando irritação ao útero e prejudicando assim o feto. Por isso são denominados como chás perigosos para grávidas.

É como se o corpo da mulher, que fica muito mais sensível durante a gestação, sofresse um envenenamento, causando contrações e fazendo com que o organismo expulse o feto.

Além disso apresenta mais um perigo, que é a elevação da pressão arterial. Isso faz com que as mulheres grávidas sofram hemorragias internas, causando problemas sérios para a saúde.

Como você pode notar, tomar chá abortivo é quase um caminho sem volta, principalmente no início da gestação. Por isso a importância do acompanhamento médico frequente, além de seguir toda a dieta indicada pelo especialista, porque há muitos tipos de comidas e bebidas que devem ser evitadas pelas mulheres grávidas.

Quais são as chances de um chá abortivo realmente fazer mal para o meu bebê?

cha que provoca abortosDe acordo com estudos científicos, uma mulher grávida corre o risco de abortar de 20 a 30% em casos de ingestão de infusões sem conhecimento.

Claro, pode ocorrer, por sorte ou livramento, que o uso do chá não cause a morte da criança efetivamente, porém, aumenta o risco de causados danos à saúde da mulher, assim como má formação do feto.

Fora os problemas com a amamentação que pode ficar comprometida.

Mais adiante neste artigo, vamos falar sobre alguns dos chás abortivos, e provavelmente você nem faz ideia que aquele simples e saboroso chá pode causar.

Porém, como sabemos que o chá é uma bebida muito apreciada, principalmente nos dias mais frios do inverno, há também alguns inofensivos e que podem ser consumidos pelas grávidas sem nenhum problema.

Quais são os efeitos colaterais causados pelo chá abortivo?

Como sabemos, as mulheres grávidas devem aumentar a sua atenção a partir do momento que descobrem que irão ter um filho. Muda-se os hábitos alimentares, quem é fumante deve parar com o cigarro, não pode tomar bebida alcoólica e nem fazer uso de qualquer tipo de droga.

Fora algumas atividades que precisam de maior atenção e controle por parte da mulher, tudo para proteger a integridade do seu bebê.

No caso do chá abortivo, entre os efeitos colaterais que eles podem causar são:

  • Aumento da pressão arterial
  • Cólicas
  • Convulsões
  • Má formação do feto
  • Irritação ao útero
  • Problemas na amamentação
  • Perda do feto

Quais são os chás abortivos?

Chá de carqueja

Bastante conhecido e apreciado devido a suas propriedades medicinais, o chá de carqueja é um dos que deve ser evitado pelas grávidas por ser abortivo. Ele aumenta a contração muscular, eleva a pressão e pode causar danos ao útero. Fique em alerta!

Chá de canela

Ele é delicioso e cai muito bem nas noites mais frias do ano. Porém, infelizmente você deve evitar o chá de canela se estiver grávida. O chá de canela tem o poder de acelerar a menstruação, estimulando a circulação sanguínea e causando contrações.

Chá de hortelã

O chá de hortelã ele não é exatamente abortivo, porém, deve ser evitado pelas grávidas porque diminui a produção de leite. Então, fique atenta para não consumir o chá de hortelã.

Chá de poejo

Mais um chá abortivo que intensifica as contrações do útero, podendo causar um aborto. Fora isso, ele pode causar tontura, náuseas e cólicas a mulher grávida.

Lista com mais chás abortivos para você ter atenção:

  • Chá de babosa
  • Angélica
  •  Arnica
  •  Canela
  • Carqueja
  • Artemísia (losna)
  • Cipó-mil-homens
  •  Copaíba
  • Azedaraque
  • Beldroega
  • Buchinha do Norte
  • Cáscara-sagrada
  • Catuaba
  • Confrei
  • Cravo dos Jardins
  • Erva-andorinha
  • Erva-de-bicho
  • Erva-de-macaé
  • Erva-de-santa-maria
  • Erva-grossa
  • Espirradeira
  •  Guaco
  •  Hera
  • Hortelã
  • Quebra-pedra
  • Lágrima-de-nossa-senhora
  • Ipê
  • Jaborandi
  • Jarrinha
  • Jurubeba
  • Pessegueiro
  • Mata-pasto
  • Mirra
  • Sene
  • Trombeta
  • Romã
  • Ruibarbo
  • Peônia
  • Pinhão-de-purga ou pinhão-paraguaio

Quais cuidados a mulher grávida deve ter?

Além de evitar o consumo de chás abortivos, a mulher quando descobre a gravidez deve fazer todas as consultas médicas para que um especialista acompanhe o pré-natal.

Uma mudança na alimentação e no estilo de vida pode ser indicada de acordo com cada caso, além da atenção redobrada durante algumas atividades cotidianas, como exercício físico e direção de carros.

Cuide de si mesma e do seu bebê para que ele possa se desenvolver saudável e feliz!

Leia Também:

Está grávida? Conheça e evite os chás abortivos!
4.6 (92%) 5 votes
loading...