Porque é que alguns homens não conseguem ter uma barba apropriada? A resposta está nos tintins

Basta andarmos na rua e olharmos para os lados para vermos que há homens para todos os gostos e feitios: altos, baixos, morenos, ruivos, bonitos, feios e com barba e sem barba.

Mas se há homens que conseguem ter uma barba “à homem”, outros chegam mesmo a tentar imitar os antigos vikings, enfim, gostos não se discutem. Há outros que parece que por mais que tentem não conseguem ter algo na cara que se consiga chamar de barba condignamente. E mesmo já sendo homens feitos, andam por ai com cara de bebés.

Ao que parece existe uma explicação para que nem todos consigam ter uma das características associadas à masculinidade, a dita barba forte e hirta. E ao que parece tem tudo a ver com a genitália.

 

Ou seja, aqui temos a genética pelo meio. Por exemplo, se o teu pai ou avô têm giletes mas não as usam porque não as precisam, então o mais certo é que também não as vás precisar.

A explicação cientifica, tem a ver com a química do crescimento irregular/escasso da barba, e tem a ver com as hormonas masculinas, em particular com a di-hidrotestoterona (DHT).

A DHT, nada mais é que um metabólito que é formado na próstata e nos testículos e é a hormona responsável pelos pelos faciais. Assim, se os seus níveis forem elevados, mais barba terá, pois o seu corpo vai estar mais sensível à testoterona.

 

Mas calma, que nem tudo está perdido para aqueles que tiverem os níveis baixos, pois há algumas maneiras de se conseguir melhorar a situação.

Segundo os peritos na matéria, se fizer a barba frequentemente e se a cortar na direcção oposta à do crescimento do pelo, vai ajudar a fazer com que ela cresça mais forte. Mas aqui, é preciso ter paciência.

Se não resultar experimente isto:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 Avaliação, Artigo com: 2,00 estrelas num máximo de 5)
Loading...
loading...