ESTA mulher NÃO foi ao banheiro por 17 anos. A razão é impressionante!

Há coisas sobre as quais as pessoas não gostam de falar. Fobias, doenças complexas ou vergonhosas e, muitos desses casos, relacionam-se a ir ou não ao banheiro.

Não é estranho que a maioria das pessoas não goste de falar em nada que tenha a ver com banheiro, pois ficam envergonhadas de falar do assunto. No entanto, hoje vamos contar a história de uma mulher que deixará todos boquiabertos, pela forma surpreendente como ela é. Certamente, essa história mudará sua maneira de pensar sobre ir ao banheiro.

Conheça Krystal Miller, uma australiana de 32 anos. À primeira vista parece q uma jovem normal e saudável, mas na verdade esta bela mulher tem uma doença terrível e luta para acabar com o tabu em torno dela. Para conseguir isso, ele decidiu confessar que não pôde ir ao banheiro por 17 anos, e esta notícia abalou as redes sociais.

Aos 15 anos, ela foi diagnosticada com a Doença de Crohn (doença intestinal inflamatória crônica que afeta o revestimento do trato digestivo). Esta condição produz uma afecção estomacal e intestinal muito agressiva, que causa dores de estômago, diarreia crônica e evacuações dolorosas.

Infelizmente, os médicos não são inteiramente certos da razão porque a doença surge; tudo o que sabem é que é uma afecção crônica e que não tem cura. Esta doença tornou a vida de Krystal um martírio completo. Não foi fácil conviver com ela, pois é muito debilitante. A mulher sempre se sentia cansada, mesmo após 15 horas de sono. Essa condição a fazia se sentir sempre doente, às vezes não conseguindo nem escovar os dentes sem vomitar.

Quando ela saía para comer com amigos, ele temia ter ‘um acidente’, então ela dava uma passadinha no banheiro, só para prevenir. Muitas vezes ela tinha que ir ao banheiro, cerca de 6 vezes durante uma tarde. Krystal tentava rir com as piadas de seus amigos, mas por dentro estava farta da doença.

Quando alguém ia ao banheiro atrás dela, a coitada queria chorar de vergonha. Por não ser capaz de suportá-la, ela decidiu esconder a sua doença, tanto quanto podia, até um ponto em que ela começou a ficar cada vez mais isolada dos outros.

A mãe de dois filhos descreve que ter essa doença significa sempre ter dores de estômago. Ela confessa que tinha muita dificuldade em aceitar esse sofrimento. É por isso que agora ela decidiu compartilhar abertamente a sua história com o mundo. Apesar de que aceitar a Doença de Crohn levou um longo tempo, agora ela fala abertamente sobre o assunto e publica suas experiências online, para incentivar outras pessoas que sofrem da mesma doença crônica.

Quando ela tinha 22 anos, a doença se converteu em seu pior inimigo. Ela inclusive teve que passar por uma cirurgia em que retirou grande parte do intestino. E como não havia nenhuma cura conhecida, os médicos deram-lhe uma saída “artificial”. Eles colocaram ao lado do estômago uma bolsa, para onde iam todos os resíduos do seu corpo.

Foi uma cirurgia muito invasiva e de recuperação esgotante, mas funcionou. Krystal, com uma nova oportunidade de vida, viajou para Londres, onde participou de eventos de caridade para ajudar outras pessoas que utilizavam bolsas de colostomia a utilizarem lingeries e trajes de banho, para que pudessem se sentir atraentes.

Krystal achava que, ao compartilhar sua história, ela ajudaria e incentivaria outras pessoas com condição semelhante e educaria a comunidade em geral sobre a vida com a bolsa.

A mulher não tem medo de compartilhar suas experiências, convidando seus fãs e seguidores a participarem da viagem de sua vida enquanto cria seus lindos filhos.

Ela posta detalhes privados e sinceros sobre sua vida, tanto os bons quanto os maus.

Atualmente Krystal converteu-se em uma grande influenciadora de pessoas pelas redes sociais. Ali, a australiana encontrou grande apoio por parte de seus seguidores. No Facebook ela pode ser encontrada como “bagladymama” (mamãe com bolsa).

Como qualquer mulher, Krystal apaixonou-se e seu marido sempre a apoiou em todos os momentos em que se sentia sem saída e deprimida.

Seus dois lindos filhos são pequenos, mas já aprenderam que sua mãe é um pouco “diferente”, mas que não há problemas com isso. Ela destaca que é importante para eles que todas as outras pessoas com a Doença de Crohn e todo o mundo em geral, não tenham vergonha de nada.

Para nós, Krystal parece ser uma mulher realmente valente que merece o todo melhor do mundo após todo o inferno pelo qual teve que passar. Você gostou deste artigo? Se gostou e quiser ler mais deste tipo, compartilhe-o com seus amigos e dê um Like em nossa página de Facebook.

Fonte: Facebook- Bag Lady Mama/ Instagram- bagladymama

Também vai gostar:

loading...