insagrem zebra

Se tens dores de cabeça frequentes, pouca energia e insónias, o teu problema pode ser este

Já aconteceu termos dores de cabeça, sentir fadiga, termos insónias e até nos sentirmos indispostos. Mas estes sintomas não são só provocados pelo stress ou pelo excesso de trabalho. Também pode acontecer o caso de estarmos com falta de vitamina K e magnésio.

Para quem não sabe, o magnésio está relacionado com pelo menos 300 reacções químicas todas elas diferentes no nosso corpo. Para além de ajudar a converter a comida em energia e criar novas proteínas a partir dos aminoácidos.

Talvez seja por isso que é recomendado para aliviar o stress, a ansiedade e combater a fadiga. O magnésio também pode ajudar na prevenção de dores de cabeça e também ajudar a tratar enxaquecas.

Mas quando o nosso corpo tem falta deste mineral, os níveis de serotonina diminuem, o que vai fazer com que os vasos sanguíneos se contraponham e afectem o bom funcionamento do neurotransmissor.

E quando os níveis são muito baixos pode mesmo levar a depressões e a ter insónias.

O recomendado

  • 400 mg de magnésio para os homens entre 10 e 30 anos.
  • 420 mg para os homens acima de 30 anos.
  • 310 mg para as mulheres entre 10 e 30 anos.
  • 320 mg para as mulheres acima de 30 anos.

É possível obter magnésio dos seguintes alimentos

  • Nozes
  • Carne
  • Peixe
  • Arroz integral
  • Abacate

Em relação à vitamina K, esta vai sintetizar as proteínas que são essenciais para a coagulação do sangue e fazer parar o sangramento.

Desta forma, uma falta desta vitamina pode levar a hemorragias excessivas. Também se acredita que a vitamina K ajuda contra a calcificação das artérias e as válvulas, para além de reduzir o risco de Alzheimer e cancro da próstata.

Esta vitamina ainda potencializa o efeito da vitamina D, fortalecendo assim os ossos. E seguindo esta lógica, baixos níveis da vitamina K aumenta o risco de fracturas.

O recomendado

Que um adulto consuma 0,001 mg de vitamina K para cada 1kg de peso corporal.

É possível obter vitamina K

  • Verduras crucíferas, como couve-de-bruxelas, brócolos, repolho e couve-flor.
  • Folhas verdes, como couve, mostarda, cebolinha, agrião e alface.
  • Ervas como manjericão, sálvia, tomilho, salsa, coentro e cebolinha.
  • Aspargos, erva-doce, quiabo, azeite de oliva e frutos secos.
  • Raízes como beterraba e nabo.

Mas lembre-se deve sempre primeiro consultar um profissional, que pode ser um nutricionista ou até mesmo o seu medico.

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (Sem votação)
Loading...